(67) 9 9637-0738 contato@cursilhocg.com.br

O GED Campo Grande parabeniza Dom Vitório Pavanello, arcebispo emérito de Campo Grande, pelos seus 53 anos de ordenação presbiteral!

Dom Vitório foi ordenado no dia 31 de julho de 1966 em São Paulo-SP, e desde então, tem atuado de forma ativa naquele que tem como seu lema ” “Pro Ovibus Meis (A vida por minhas ovelhas).” Em 31 de janeiro de 1982 foi conferida pelo então bispo de Campo Grande, Dom Antonio Barbosa, a sua ordenação episcopal na catedral diocesana de São Carlos-SP.

Dom Vitório em 1986 quando se tornou arcebispo de Campo Grande

O saudoso papa São João Paulo II o nomeou bispo de Corumbá-MS, onde ficou por quatro anos. Em 1985, Dom Vitório foi transferido para Campo Grande sendo arcebispo coadjutor de Dom Antonio e, um ano depois, com a renúncia deste último foi nomeado arcebispo, sendo o segundo na função após a elevação de diocese para arquidiocese.

Após 25 anos à frente da nossa arquidiocese, Dom Vitório pediu a renúncia da função ao completar 75 anos, ao hoje Papa Emérito Bento XVI e, sendo então, sucedido por Dom Dimas Lara e tornando-se arcebispo emérito de Campo Grande. A sua “aposentadoria” das atribuições de arcebispo não interrompeu o seu pastoreio, o mesmo continua se colocando a serviço e atualmente ele é assessor eclesiástico do Grupo Executivo Diocesano (GED) de Campo Grande e do Grupo Executivo Regional (GER) Oeste 1 (que abrange todos os GEDs de Mato Grosso do Sul onde o cursilho está presente), além de exercer a função de vice-presidente do Asilo São João Bosco.

O Movimento de Cursilhos de Cristandade tem um enorme carinho por esse grande pastor, desde que chegou à nossa arquidiocese Dom Vitório sempre apoiou e se colocou à serviço do movimento, e se orgulha de te-lo como nosso pastor, nos orientando e conduzindo a nossa fé na missão de evangelização. Que venham ainda muitos anos dessa linda missão que Deus lhe concedeu!

Por: Alexandre Batista